26/08/2019 21h41 - Atualizado em 08/08/2019 11h27

Os segredos encontrados nas Oliveiras para a saúde do coração

Neste estudo vamos lhe apresentar as inegáveis evidências científicas por trás desse nutriente poderoso…

oliva 500x500

Principais países produtores de Oliveiras

Oliveiras com mais de 3000 anos produzindo frutos chamaram a atenção de pesquisadores sobre a sua longevidade.

Estudos mostraram que nelas continham nutrientes poderosos para ajudar na saúde.

As azeitonas são uma das culturas de frutas mais cultivadas no mundo. Em 2011, cerca de 9,6 milhões de hectares (24 milhões de acres) foram plantados com oliveiras, o que representa mais do dobro da quantidade de terra dedicada a maçãs, bananas ou mangas.

Somente coqueiros e dendezeiros ocupam mais espaço. A área de cultivo triplicou de 2,6 para 7,95 milhões de hectares (6,4 a 19,6 milhões de acres) entre 1960 e 1998 e atingiu um pico de 10 milhões de hectares (25 milhões de acres) em 2008.

Os 10 maiores países produtores, de acordo com a Organização para a Agricultura e Alimentação, estão todos localizados na região do Mediterrâneo e produzem 95% das azeitonas do mundo.

Principais países de produção (ano de 2016 por FAOSTAT)

Apesar de certas regiões do Brasil possuírem as condições ideais para o desenvolvimento da olivicultura, hoje o país é dependente da importação para abastecimento interno

Os azeites comprados nos supermercados, por exemplo, vêm de fora ou utilizam matéria-prima estrangeira.

 A pouca oferta do produto no mercado brasileiro tem levado várias indústrias de condimentos a misturarem óleo de soja no azeite vendido ao consumidor. 

O rótulo de algumas composições mostra que essa mistura pode apresentar até 85% de soja. O Ministério da Agricultura juntamente com pesquisadores, importadores, professores, consumidores, tem trabalhado de forma a regulamentar o mercado de azeites no Brasil e fruto deste esforço pode ser visto na Portaria n 419 que estará sob consulta pública até outubro de 2010.

Doenças Cardiovasculares

As doenças cardiovasculares são as que mais acometem a população mundial e seus efeitos começam a ser mais sentidos após os 45 anos de idade.

O excesso de peso da população é uma questão de saúde pública atualmente indiscutível e muito grave, entre as principais consequências dessa doença está a associação com as dislipidemias, doenças cardiovasculares, diabetes, entre outros (Marques e colaboradores, 2012).

Nesse contexto, o tecido adiposo está relacionado com as várias faces da síndrome metabólica (SM), como a hipertensão, hipertrigliceridemia, colesterol em lipoproteína de baixa densidade (LDL) elevado e colesterol em lipoproteína de alta densidade (HDL) reduzido e ainda hiperglicemia (Sinaiko, 2012), elevando ainda as chances de doenças cardiovasculares e diabetes mellitus tipo 2 (DM 2) (Damião e colaboradores, 2011).

Os tratamentos  são unicamente, dietéticos, medicamentosos e cirúrgicos (Pacetta, 2009), assim como para a SM, que incluem mudanças no estilo de vida, com intervenção nutricional, atividade física regular, administração de medicamentos e depende muito da adesão do paciente ao tratamento (Busnello e colaboradores, 2011).

Diante da gravidade do quadro, inúmeras pesquisas têm apontado possíveis medicamentos, suplementos e nutrientes capazes de reduzir tanto a incidência quanto a prevalência das doenças relacionadas.(Marques e colaboradores, 2012).

Novos métodos empregados na prevenção de doenças

Novos métodos vêm sendo empregados para a prevenção de doenças e promoção da saúde são : os fitoterápicos extraídos da oliveira.

Baseado no fato de que a oliva possui importantes substâncias como ácidos graxos insaturados, vitaminas e compostos fenólicos, que vem sendo pesquisadas como compostos preventivos de doenças cardiovasculares e equilíbrio entre os dois tipos de colesterol LDL e HDL.(Cavalheiro e Colaboradores, 2014).

O estudo teve como objetivo avaliar os efeitos da suplementação do extrato sobre o colesterol e frações (VLDL, HDL, LDL), glicemia de jejum e triglicerídeos.

Trata-se de um relato de caso, onde a pessoa estudada foi avaliada previamente por meio de peso (kg), altura (m), bioimpedância (%MM, %MG) e realização de exames bioquímicos de sangue de colesterol e frações (LDL, HDL, VLDL) glicemia de jejum e triglicerídeos.

Então passou a ingerir o fitoterápico em cápsulas duas vezes ao dia, durante 60 dias.

Após o tempo de suplementação, sem interrupção por 60 dias consecutivos, os valores dos exames laboratoriais realizados, indicados na tabela 1 como Final, apresentaram diferença significativa no que se refere a redução da glicemia, perfil lipídico e frações. 

Após 60 dias (2)

Os resultados dos exames foram positivos na redução das dislipidemias associadas à obesidade em consonância com os demais estudos, apresentando assim uma redução significativa de colesterol total e frações, LDL e VLDL, assim como um aumento do HDL e também diminuição dos níveis de glicemia sérica e triglicerídeos plasmáticos.

Esta redução pode ocorrido devido aos vários compostos fenólicos e antioxidantes encontrados na folha de oliveira como a oleuropeína, rutina, catequina entre outros, sendo responsáveis pela prevenção da oxidação lipídica do colesterol, evitando que sejam absorvidos e armazenados nas artérias, mas sim eliminados pelo organismo. 

Quanto à redução dos níveis de glicose, os mecanismos não muito esclarecidos

Sugere-se também que o tempo de suplementação possa ser aumentado para um período um pouco mais -longo. 


Embasamento Científico :

Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento

ISSN1981-9919 versão eletrônica

Periódico do Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

 

www.ibpefex.com.br 

www.rbone.com.br

Wikipedia 

Após rigorosos testes Anvisa libera fórmula no Brasil

Anvisa juntamente com o Ministério da Saúde realiza testes rigorosos em medicamentos e suplementos naturais antes da liberá-los para comercialização.

Após muitas análises e comprovações de benefícios , foi liberado no país o suplemento batizado com o nome de OLIVAMAX.

O OLIVAMAX tem como seu ingrediente o óleo de  oliva que irá agir diretamente na melhora do seu Colesterol e não possui efeitos colaterais .

A  redução das placas de gorduras nas artérias melhora a circulação do sangue e com isso a  absorção dos nutrientes e vitaminas dos alimentos são maiores melhorando a imunidade do organismo.

 

O óleo é de fácil absorção e “não agressivo” para nossos órgãos, ao contrário dos medicamentos fármacos que deixam todo o trabalho “sujo” para o fígado e os rins

O fígado é o órgão central responsável pelo sangue, artéria e até pela saúde do coração. 

A fórmula atua no nível celular para revitalização, tem efeitos regenerativos nas células das artérias e trabalha para prolongar a vitalidade, juventude e longevidade das células. 

Ela promove o fortalecimento dos tecidos do coração e os vasos sanguíneos circundantes. Incentiva o sistema de circulação sem acelerar a frequência cardíaca. 

O aumento de oxigênio no sangue torna você muito mais disposta novamente e alivia a carga de trabalho do coração, fígado e outros órgãos importantes.

Os efeitos são muito potencializados quando inclui-se práticas saudáveis também em seu dia a dia.

O colesterol é uma doença silenciosa mas devemos nos atentar alguns sinais : dor no peito, falta de ar, indisposição logo ao amanhecer, dormência nos braços e pernas, batimento cardíaco irregular, cabeça pesada, tontura , palpitações cardíacas e dores de cabeça.

Lembrando que a realização de exames periódicos e a ida ao médico a cada seis meses é fundamental, pois a prevenção ainda é o melhor remédio.

 

 

O que mais vem surpreendendo

Mas você pode perguntar: quão eficaz é essa fórmula? Ela é realmente útil ?

Com base nos estudos apresentados, conclui-se que a fórmula pode ser uma grande aliada da saúde.

O resultado é surpreendente mesmo que você não faça exercícios regularmente e tenha uma dieta restritiva.

Você pode não gostar de praticar exercícios físicos, não conseguir deixar de tomar uma “cervejinha” ou um “vinhozinho“, comer um doce de vez em quando, mas ainda assim obter benefícios.

Mas, lembrando que o resultado pode ser potencializado quando inclui práticas saudáveis também em seu dia a dia.

Recomenda-se também que exames periódicos sejam feitos a cada seis meses para o acompanhamento da evolução dos níveis.

Afinal, a saúde é nosso bem maior !


Promoção exclusiva aproveite essa oportunidade

Compartihe com seus amigos !

© Copyright 2019 Munatu Com. de Prod. Naturais Ltda

Termos e Condições

CNPJ : 34.382.609/0001-94

Contato :(19) 99967-6500